For a better experience on MUBI, update your browser.

quarentenou, bren.

andre.banin tarafından
Filmes inéditos para mim que vi durante a quarentena. Não consegui colocar os longas "Minha Fama de Mau " (Lui Farias, 2019), “Fruto do Amor” (Miguel Faria Jr, 1981), “A Super Fêmea” (Aníbal Massaini Neto, 1973), “Sertânia” (Geraldo Sarno, 2019), “A Besta Pop” (Artur Tadaiesky, Fillipe Rodrigues e Rafael Silva, 2018), “Por Que Você Não Chora?” (Cibele Amaral, 2020) e “Cacaso na Corda Bamba” (José Joaquim Salles e PH Souza, 2016) e os curtas “Nova Iorque” (Leo Tabosa, 2018), “Fire (Pozar)” (David Lynch, 2015), “A Entrevista” (Helena Solberg, 1966), “Eu Estou Aqui” (Rodrigo Pereira, 2019), “A Miss e o Dinossauro” (Helena Ignez, 2005), “Nelson… Devamını oku

Filmes inéditos para mim que vi durante a quarentena. Não consegui colocar os longas "Minha Fama de Mau " (Lui Farias, 2019), “Fruto do Amor” (Miguel Faria Jr, 1981), “A Super Fêmea” (Aníbal Massaini Neto, 1973), “Sertânia” (Geraldo Sarno, 2019), “A Besta Pop” (Artur Tadaiesky, Fillipe Rodrigues e Rafael Silva, 2018), “Por Que Você Não Chora?” (Cibele Amaral, 2020) e “Cacaso na Corda Bamba” (José Joaquim Salles e PH Souza, 2016) e os curtas “Nova Iorque” (Leo Tabosa, 2018), “Fire (Pozar)” (David Lynch, 2015), “A Entrevista” (Helena Solberg, 1966), “Eu Estou Aqui” (Rodrigo Pereira, 2019), “A Miss e o Dinossauro” (Helena Ignez, 2005), “Nelson Filma” (Luiz Carlos Lacerda, 1971) e “4 Bilhões de Infinitos” (Marco Antônio Pereira) na lista.

Daha az oku